Completamente perdida em jogo e sem qualquer foco coletivo, Keyd fica sem direção no 7º dia de CBLoL.

Em pior jogo do time até agora, a Vivo Keyd não desempenhou uma partida à altura de qualquer outra das seis anteriores. O pouco foco nesse 7º dia de jogos não foi digno das atuações do grupo até agora. Sendo uma das maiores promessas como desafiante do Flamengo eSports, a equipe não deveria ser tão superficial quanto hoje.

A composição do time, com Braum, Swain e Trundle escala muito bem na chegada do lategame. Porém nada disso importa quando não se segue a proposta da composição ou, no mínimo, foca o carry inimigo.

Muitos podem dizer que o Draven de Duds the Boy foi focado diversas vezes e, por conta disso, a Keyd quase ganhou o jogo. A história é quase essa; já que o ADC inimigo estava quase sempre fora de posição e entregando os abates para os guerreiros. Esse foi o único motivo pelo qual a Keyd conseguiu segurar por tanto tempo a equipe da Redemption, culminando no jogo mais demorado deste split do CBLoL até agora: 46 min e 55 seg.

Não dou aqui os méritos da partida à Redemption que, sim, jogou melhor, mas também cometeu erros bobos e teve dificuldades para finalizar a partida. Aparentemente até os casters não conseguiram entrar no hype desta partida. Mesmo com o grande número de lutas (43 abates no total), o confronto não rendeu fortes emoções.

Confira a luta final e a finalização do jogo:

Para os próximos jogos tenho certeza de que a Vivo Keyd não continuará com a atuação de hoje. O que o time e a comissão técnica devem estar atentos é que são tropeços como o de hoje que podem tirar a chance do time de disputar as séries MD5.

Para mais notícias sobre eSports acesse nosso portal e nosso canal no Youtube.

Comentar via Facebook
Betway Brazil Esports Image Banner