Após polêmicas de assédio sexual envolvendo o CEO da Riot Games, Alienware decide encerrar o seu contrato com a desenvolvedora

A notícia foi divulgada segunda-feira (15) pelo Dot Esports. A Alienware vai encerrar a sua parceria com a Riot Games devido à sua preocupação com a imagem pública da desenvolvedora em meio as polêmicas. O CEO da Riot Games, Nicolo Laurent foi acusado de assédio sexual por sua antiga assistente executiva, Sharon O’Donnel, que entrou com uma ação civil contra ele.

Veja também –

A parceria entre as duas marcas se iniciou em 2019, com acordos de patrocínios para grande eventos globais e para as principais ligas de League Of Legends ao redor do mundo. Segundo o comunicado enviado ao Dot Esports pela Riot, a desenvolvedora já está retirando a marca da Alienware das suas transmissões.

Não é a primeira vez que a Riot Games se envolve em casos de assédio ou abuso sexual. Em agosto de 2018 o portal Kotaku realizou uma investigação para analisar a cultura da trabalho da Riot Games e relatou inúmeros casos de sexismo e abuso sexual.

Acesse a nossa rede social AQUI!

Comentar via Facebook