Dirigente da MIBR fala sobre a dificuldade em receber as premiações relativas aos campeonatos e sobre o baixo salários dos jogadores.

Infelizmente problemas relativos a pagamentos voltam a ser pauta no cenário internacional dos esportes eletrônicos. Nesta sexta-feira (17) o General Manager da MIBR, Tomi Kovanen, comentou em suas redes sociais que a organização demora em média 150 dias para receber as premiações dos campeonatos que eles disputaram.

Pela sua conta no Twitter o Manager afirma que alguns eventos ainda não foram pagos e isso aumenta mais ainda a espera da organização para receber. Segundo Kovanen esse problema não é tão sério para a MIBR já que a Immortals Gaming Club ( Holding que administra a MIBR) tem condições de suprir essa demora, mas ele alerta que existem diversas organizações e jogadores que são mal remunerados ou que ainda nem recebem que sofrem muito com esses problemas relativos aos pagamentos.

 

Segundo Kovanen : “O dinheiro do prêmio é em grande parte uma fonte irrelevante de fundos para as equipes, pois os jogadores geralmente recebem 90% ou mais. Para equipes grandes, o gerenciamento de caixa não será um problema; portanto, isso apenas machuca diretamente os jogadores, que recebem o dinheiro que ganharam muito mais tarde”.

Ele ainda completa respondendo um tweet que o questionou se isso seria um problema de gestão das organizadoras de eventos e, segundo Kovanen:


“Se as grandes organizadoras de eventos operam de tal forma que pagamentos não recebidos meses antes de um torneio sejam necessários para pagar casters ou prêmios, eles estão vivendo além de seus meios e devem reduzir. Atribuir condições de pagamento de casters ou prêmios às condições de pagamento dos parceiros e patrocinadores são péssimas práticas de gerenciamento e de negócios”.

E você, acha que isso se deve a um problema de gestão das equipes ou seria um problema das organizadoras de eventos?

Siga o Uailistar nas redes sociais para mais notícias – Facebook

E para saber mais sobre o mundo do CS:GO acesse AQUI!

Comentar via Facebook