Um novo início, uma nova caminhada. Essa é a síntese da nova MIBR.
Os jogadores já tiveram uma pedreira logo de cara, a dinamáquina da Astralis. O confronto foi válido pela BLAST Fall Series.

A BLAST Fall Series começou para os brasileiros da MIBR e FURIA. E quem abriu o grupo C foi confronto entre MIBR e Astralis.

MIBR optou pela escolha do mapa Vertigo, enquanto os adversários escolheram Nuke (um mapa fortíssimo por parte da Astralis). Contudo, o mapa decisivo ficou a cargo da Inferno.

A expectativa em cima da equipe brasileira era extremamente alta, pois é a primeira competição da nova formação. Contudo, ‘leo_drk’, ‘vsm’ e LUCAS1 tiveram um bom desempenho, apesar do resultado final.

MAPA 1- VERTIGO

Sendo mapa de escolha dos brasileiros, os torcedores esperavam que o time se sobressaísse com uma certa facilidade.
Correspondendo parte deste aguardo, a equipe brasileira venceu os dois primeiro rounds da partida.

Entretanto, os dinamarqueses foram rápidos na reação e ganharam 4 rounds seguidos. Estava 7-3 para a Astralis e tudo parecia resolvido no primeiro tempo mas a MIBR conseguiu 5 rounds seguidos e virou o jogo.

O time brasileiro voltou melhor na segunda metade e estava embalado. Vencendo round após round, eles chegaram abrir 14-8. Entretanto o jogo foi para o overtime.


O OT começou bastante disputado mas a experiência “falou mais alto” e os dinamarqueses fecharam o primeiro mapa em 19-16.

MAPA 2- NUKE

Muitos poderiam considerar a MIBR já derrotada neste 1-0, pois o segundo mapa é um local que a Astralis pouco perde.

Contudo, o jogo começou bastante favorável para os dinamarqueses. Enquanto o castelo parecia começar a ruir, os brasileiros mostraram que só acaba quando termina.
O time trouxe de volta o resultado e conseguiu terminar a primeira metade com 7 pontos.

Atrás em um ponto, a segunda metade começou conforme manda o script. 3-0 para os brasileiros e uma virada espetacular. O jogo continuava disputado, mas os brasileiros foram melhores e conquistaram uma vitória importante.

Finalizando o mapa em 16-13, a MIBR levava para o último mapa a decisão no grupo C desta BLAST Fall Series.

MAPA 3- INFERNO BLAST Fall Series

O último mapa reservaria diversas emoções, pelo menos na teoria. Na prática tivemos outra coisa. Enquanto os dois mapas começaram bastante disputados, esse mapa foi quase unilateral.

A dinamáquina fez uma primeira metade conforme o esperado e terminou 11-4. Enquanto faltava experiência e paciência para a MIBR, tudo dava certo para a Astralis.

Na segunda metade a MIBR começou vencendo o pistol round. Entretanto, não foi o suficiente para deter os dinamarqueses que finalizaram a partida em 16-5.

 

A MIBR volta na disputa, pela loser bracket, na terça-feira. Você pode acompanhar a BLAST Fall Series através deste link.

Para mais notícias sobre CS:GO, acessem nosso portal.

 

Comentar via Facebook