Olá a todos, vamos pra mais uma análise de um deck teoricamente barato no MTG Arena, pois não requer uma base de mana complexa, o que encarece e muito um deck.
O Boros Weenie é um dos decks mais opressores do metagame atual.

Lista do deck

4 Vanguarda de Adanto
4 Marechal de Benália
4 História de Benália
4 Guarda-costas Destemida
2 Testemunha Caçada
4 Aspirante a Marchadora Celeste
4 Sentinela Nodocórnea
4 Loxodonte Venerado
4 Tribunal do Conclave
2 Orgulho dos Conquistadores
4 Desembarque da Legião
18 Planícies
2 Montanhas

Sideboard

1 Retiro da Falésia
2 Ajani, Adversário dos Tiranos
3 Fim Desconcertante
2 Fogo Devastador
3 Frenesi Experimental
4 Guarda de Honra do Tocatli

Custo do deck – Main(sem side)

6
18
12
4

Entendendo o deck – Cartas chave

Vanguarda de Adanto, uma carta que possui uma resiliência muito grande, se mantendo no campo por muito tempo e fazendo o oponente gastar mais recursos do que gostaria, fazendo as trocas sendo favoráveis pra você.

Marechal de Benália, um lorde que não pumpa apenas um tipo de criatura, e sim, todos os tipos, não precisa dizer mais nada, e ainda tem sinergia com a História de Benália por ser cavaleiro.

História de Benália, uma carta que a primeira vista pode não parecer muita coisa, mas é um monstro de forte, mesmo que o seu oponente remova as fichas que ela gera, ainda assim ela irá gastar mais recursos do que você, fazendo com a vantagem esteja do seu lado, não se engane, duas Benálias seguidas é incrivelmente forte.

Loxodonte Venerado é uma carta poderosa fazendo com que suas criaturinhas fiquem maiores e com a possibilidade de gastar pouca mana ou nenhuma pra isso, pense na seguinte situação, História de Benália criou a segunda ficha e você já atacou com a primeira, como ambas tem vigilância, após o ataque usa os cavaleiros pra baixar o Loxodonte ganhando marcadores e no próximo turno atacando com seus cavaleiro bufados pelo Loxodonte e pela Benália ao mesmo tempo.

Tribunal do Conclave, remoção muito flexível e bote ser usada sem sequer gastar mana, ótima opção para remover algum Planeswalker incômodo do oponente ou até mesmo uma criatura que esteja impedindo de você atacar.

Desembarque da Legião, excelente drop 1 do Boros Weenie, e acredito que um dos melhores drop 1 do jogo(no metagame atual), se conseguir atacar com 3 criaturas ao mesmo tempo transforma ele num terreno que fica gerando fichas, perfeito contra controles.

As outras cartas do jogo se compoem basicamente de criaturas pra fazer pressão e um “combat trick” espetacular que acaba com o jogo sem que o oponente esteja esperando.

Como jogar com o Boros Weenie?

Basicamente você quer acabar com o jogo antes que seu oponente tenha tempo de controlar a partida, ou seja, deve-se baixar a maior quantidade de criaturas que puder no menor intervalo de tempo e atacar todo turno, minando a vida do adversário. Use os tribunais para remover algo que esteja te atrapalhando e continue atacando. A não ser é claro que você tenha a oportunidade de baixar o Loxodonte, não fique receoso em “perder” um turno baixando-o, vale muito a pena.

Lembre, como o Boros Weenie é um deck agressivo ele tende a perder a força com o passar dos turnos, então não deixe o seu oponente respirar.

Utilizando o sideboard

Dependendo de seu oponente, caso você esteja jogando uma melhor de 3, é importantíssimo utilizar o sideboard para adaptar seu deck ao deck do oponente.

Guarda de Honra do Tocatli entra no deck contra Golgaris, Fogo Devastador e Experimental Frenzy contra controles em geral, Ajani é ótimo contra mirror match e Fim desconcertante é bom contra MonoGreen por exemplo.

Espero ter ajudado e vamos compartilhar experiências na ranked, me falem o que acharam do deck e quais as mudanças que acham que podem vir a melhorar o Boros Weenie ainda mais. algumas mudanças se fazem necessário e saber o que mudar no deck pode significar uma vitória.

Para mais notícias sobre MTG Arena e outros eSports acesse nosso portal e meu canal no Youtube.

Comentar via Facebook
Betway Brazil Esports Image Banner