O número de amantes dos Esportes Eletrônicos no Brasil cresceu mais de 20% e o país se encontra em terceiro lugar do mundo em número de fãs entusiastas.

O mercado dos eSports está cada dia maior e vem batendo vários recordes ao redor do mundo. No Brasil essa tendência não poderia ser diferente, segundo uma pesquisa da Newzoo realizada 2019, o mercado brasileiro possuí 21 milhões de fãs onde 9,2 milhões são entusiastas ( pessoas que acompanham constantemente) e 12 milhões são espectadores ocasionais.

O Brasil se encontra em terceiro lugar no ranking de fãs entusiastas dos eSports perdendo somente para os Estados Unidos e a China. Na America Latina estamos em primeiro lugar seguidos pelo México.

A audiência global de eSports em 2019 deve ficar em 454 milhões, contra os 395 milhões registrados em 2018. Além dos números relacionados aos fãs o levantamento da Newzoo ainda revelou que o Brasil possuí mais de 79 milhões de gamers.

As receitas do mercado mundial

O faturamento global dos eSports deve passar pela primeira vez a casa do bilhão. Segundo a pesquisa a receita global deve aumentar de S$ 865 milhões registrados em 2018, para US$ 1,096 bilhão até o fim de 2019. Dessa receita apenas US$ 31,5 milhões correspondem a toda América Latina.

Segundo a pesquisa,

“Muitas marcas não-endêmicas estão patrocinando as organizações de eSports desde o ano passado, e este movimento deve continuar em 2019. Alguns setores que podemos citar são o automobilístico, alimentação e moda.

Parece que todas as indústrias querem uma fatia desta torta”, enfatiza o documento. “E por uma boa razão: os fãs entusiastas do eSport têm provado em todos os momentos como são totalmente engajados com seu passatempo favorito e eles estão dispostos a gastar bastante para mostrar isso. Através de merchandise licenciados e dos passes de acesso, a indústria está encontrando maneiras de atendê-los”.

No caso do Brasil essas marcas que atuam em todo o mercado nacional e estão investindo nos eSports são a Coca-Cola, Gillette, Burguer King e outras.

Como o mercado funciona

Segundo uma pequisa da LATAM os entusiastas em games gastam mais que os demais gamers. De acordo com a pesquisa os entusiastas gastaram em 2018 US$ 138,41 no primeiro trimestre enquanto os demais gamers gastaram US$ 80,16, no mesmo período.

“No geral, o espectador de e-Sports tende a ser mais jovem, homem e de alta renda”, explica Guilherme Almeida, diretor da Seeds Market Research e coordenador do estudo. Segundo ele “há oportunidade de se expandir o público de e-Sports na América Latina, pois 48% dos gamers ainda não assistem competições profissionais e entre os que assistem, 41% assistem só uma vez por mês ou menos.

Para mais notícias sobre os eSports acesse esse link!

Comentar via Facebook
Betway Brazil Esports Image Banner