O destaque do dia do CBLOL, Cruzeiro consegue sua primeira sequência de vitórias. Flamengo se mantem na liderança

 

Jogo 1: VORAX x INTZ

INTZ vem com mudança, joga mais agressiva, mas não consegue frear a VORAX
vrx x itz
Imagem – reprodução Riot Games
Essa era uma partida importante para os dois times, de um lado a VORAX precisava vencer para se manter colada na ponta da tabela, e do outro vinha uma INTZ com mudanças, tentando de todas as formas engatar uma sequencia de vitórias no torneio para ainda sonhar com uma classificação.
No final deu a lógica, os intrépidos mesmo com mudança e não foram capazes de parar o atropelo de uma VORAX diferente, não jogando apenas para o FNB.

 

Entrevista Wos: Quanto pensamos em franquia, logo pensamos em projeto a longo prazo, porém, não é só por um time estar indo bem que não necessariamente deixa de ser um projeto a longo prazo. Quando houve a junção da Vorax, a ideia era ter esse projeto a longo prazo e vencer o split seria consequência disso, ou vocês já chegaram com a ideia de terem um elenco forte para disputar o título?

R: Mantivemos parte do elenco e com isso eu sabia que seriamos um time for a ser batido, outros times fizeram elencos fortes então temos muito a evoluir e percorrer. Se mantivermos a evolução penso que somos um dos favoritos para chegar na final e conquistar o título. Acho que depende de como vamos continuar o trabalho, mas desde início pensei que seriamos fortes.

Jogo 2: FURIA x CRUZEIRO


Cruzeiro domina, não da chances para FURIA e engata sequência de vitórias

fur x crz
Imagem – reprodução Riot Games

Parece replay, mas, que jogo do Cruzeiro. Dominado do início ao fim, entrosados e afiados mecanicamente. Mesmo em possíveis erros os jogadores estavam preparados para conseguir reverter a situação, como no roubo de Barão do Sting.
Já a Furia entra em campo e mostra mais um jogo apático, tentam mudar o elenco trocando o top, porém, claramente estão longe do ideal.

Pela primeira vez os celestes conseguem engatar uma sequência de bons resultados, amanha enfrentam a VORAX, um adversário capaz de desafiar a evolução cruzeirense.

Entrevista Sting: Nesse jogo foi perceptível que todo time do Cruzeiro está bem mecanicamente. Ao que você adere isso?

R: Acho que todos os jogadores são bons, é só manter isso. Nosso maior problema era jogar em time, estar na mesma pagina. Então, se estivermos bom mecanicamente vamos consequentemente arrumar o macro.

Jogo 3: LOUD x RED

RED inova, traz Dr. Mundo para a jungle e garante vitória.

loud x red
Imagem – reprodução Riot Games

Um dos jogos mais esperados do dia. Foi a disputa direta pela parte de cima cima da tabela. A Loud provavelmente era o único time que poderia conseguir trazer outra derrota para a RED antes de acabar a primeira parte do torneio. Infelizmente para o time novato, deu a lógica.
A RED mostrou que esta sim preparada para mostrar, literalmente, qualquer campeão e desempenhar bem. Talvez, pelo caminho que estão trilhando, podem se tornar o time mais difícil de se enfrentar no CBLOL.

Entrevista Avenger: O mundo foi usado apenas 5 vezes nas ligas ao redor do mundo e vocês foram os únicos a vencer com ele. Como surgiu a ideia do Mundo dentro da equipe?

R: Vimos o Mundo nos patch notes, que recebeu um buff e por isso talvez ficaria forte, mas não demos muita atenção de início. Quando começaram a usar lá fora, junto com o fato de que estão usando muito udyr, começamos a testar e não estava muito bom. Mas quando testamos contra senna vimos que contra composições sem dano constante funcionaria com outro tank junto.

Jogo 4 RENSGA x FLAMENGO

Segue o líder! Flamengo vence e continua isolado na liderança

Imagem – reprodução Riot Games

Um jogo sem segredos, a Rensga até tentou fazer um early mais agressivo, mas a paciência e superioridade do Fla rendeu mais e eles garantiram mais uma pra conta, agora com 7 vitórias em 7 jogos disputados.

Entrevista TioBen: A Rensga no momento no CBLOL não vem desempenhando bem, entretanto, no academy vocês são um dos times mais fortes. O Enga foi uma mudança que quando entrou o time melhorou bastante, você pensa que é momento de trazer mais desses talentos do academy para disputar o torneio?

R: Desde o inicio do ano temos a proposta de termos um elenco com 10 jogadores, ficamos felizes do academy estar bem mas entendemos o nível de dificuldade que é o CBLOl, todo dia eu Gafone e Raven estamos discutindo sobre alguém subir e ter um time mais competitivo, sei que a torcida fala bastante mas se esses caras estão jogando é por eles serem os melhores.

Jogo 5: PAIN x KABUM

Kabum vence e garante terceira vitória seguida com os coreanos

CBLOL pain x kbm
Imagem – reprodução Riot Games

Que jogo tenso! Que boa surpresa, Pain e Kabum protagonizaram o que foi o melhor jogo do dia! Os dois times lutaram pela vitória e deram um show, mas depois de uma boa iniciação do Kabum dentro da base da Pain, os ninjas garantiram sua terceira vitória seguida no torneio, se mantendo invictos desde a chegada dos coreanos

Entrevista Disave: Essa foi a primeira semana de treino que vocês tiveram com os coreanos. Como foi essa semana? Eles estão conseguindo se adaptar?

R: Esta sendo bem tranquilo, o Wizer já tinha jogado no Brasil, então coisas como, clima, comida, pessoas, ele já esta acostumado. Já o Ryan é muito gente boa, bastante extrovertido,  brinca muito com a gente, o professor e ele se dão muito bem.
Os treinos foram muito bons, tivemos uma porcentagem de vitórias gigantesca. Não que isso seja pra se vangloriar, mas estamos indo bem e agora é só continuar o trabalho pelo resto do campeonato.

O CBLOL retorna no próximo final de semana e você confere a cobertura completa aqui no portal UAILISTAR

Siga nossas redes sociais

Comentar via Facebook