Na terceira semana do cblol tivemos confrontos muito esperados como Flamengo x Red pelo topo da tabela e a estreia dos coreanos da Kabum

Jogo 1: Pain x Vorax

CBLOL Pain
Imagem – reprodução Riot Games

Um dos confrontos mais esperados do dia! A Vorax vinha em uma crescente e a Pain ainda precisava se provar para os fãs. Porém, em um jogo controlado do início ao fim, a Vorax não deu chance para os tradicionais e garantiu sua terceira vitória seguida na competição.

Entrevista com Dionrray: Qual a sua opinião sobre a Taliyah e qual o motivo dela não estar funcionando no CBLOL?

R: “De fato Taliyah é um pick muito forte e esta com uma taxa de vitória absurda lá fora, algo em torno de 80% em algumas ligas,  realmente no cblol não vem desempenhando tão bem, isso se da ao fato de que no cblol os times em dificuldade de transferir para o stage o que acontece em treino. Todos mudam um pouco o estilo de jogo, no cblol todos ficam mais acuados e a Taliyah por ter um estilo de jogo mais agressivo acaba desempenhando melhor em treinos do que no stage, por isso ela tem um sucesso tão grande lá fora e não conseguimos reproduzir isso aqui”

Jogo 2: Furia x Kabum

 


CBLOL kbm
Imagem – reprodução Riot Games

No confronto de estreia dos coreanos da Kabum, o time surpreendeu e fez uma vitória convincente encima da Furia. Abusando da força conjunta do Udyr com Camille e boas ults do Rakan, os laranjas não deram chances, mostrando que vem para disputar boas colocações no grupo.

Entrevista com Evrot: No ano passado você jogou os dois splits com a dupla latina Buggax e Tierwulf, você esta sentindo muita diferença em jogar com coreanos em comparação com a antiga dupla?

R: “Acho que existe diferença por serem pessoas diferentes, Tierwulf vinha da splice e possuía muito conhecimento para passar enquanto o Buggax vinha da Isurus enquanto os jogadores novos vem da coreia, todos com coisas diferentes para passar. Mas no final o que realmente faz diferença é se o time está na mesma pagina ou não que é o que buscamos diariamente.”

Jogo 3: Flamengo x RED

CBLOL fla
Imagem – reprodução Riot Games

O jogo mais esperado da rodada, os dois times vinham invictos ate o momento e esse era o momento da RED provar de uma vez por todas que veio para vencer e para o Flamengo valia a permanência no local onde eles estão acostumados a ficar, o topo.

Em um jogo rápido (o mais rápido do dia) o Flamengo provou que no momento está um passo a frente dos outros times da competição, enquanto a RED mostrou que ainda precisa evoluir para tentar conquistar o título.

Entrevista Absolut: Você passou um split sem jogar e mesmo assim voltou em alto nível, ao que você atribui esse sucesso?

R: “Acho que ainda não estou no nível que costumava ter, os 4 meses que fiquei sem jogar por causa da cirurgia ainda pesam um pouco, mas por já ter tido essas pausas antes eu tinha total confiança de que conseguiria voltar e acompanhar o time, creio que o ambiente que estou colabora para para minha melhora e gradualmente vou voltando ao nível que costumava jogar.”

Jogo 4: Rensga vs Cruzeiro

crz
Imagem – reprodução Riot Games

O confronto direto pela parte de baixo da tabela mostrou como a Rensga possui muito potencial para tentar disputar a vaga nos playoffs, enquanto o Cruzeiro ainda precisa melhorar muito se quiser se manter vivo na competição

O jogo foi como uma linha reta, a Rensga soube abrir vantagem e ir construindo ela ao decorrer da partida sem muitos problemas aparentes para lidar, eles ainda são um time em evolução, mas a entrada do Enga parece ter dado uma cara nova para a equipe. Será que uma mudança de jogadores é o que o Cruzeiro precisa para sair dessa situação?

Entrevista com Klyon: A entrada do Enga foi o primeiro caso de um jogador do academy entrando para jogar cblol, desde a criação do time já existia a conversa de que o melhor jogador entraria no cblol?

R: “O time do academy agora com o Hauz vai ter que se adaptar ao estilo de jogo dele, estamos acompanhando e parece que está dando certo e isso é um bom sinal. Em relação as mudanças entre as lines, quando entrei no time deixaram bem claro que se eu estivesse jogando melhor que o outro suporte seria eu quem jogaria o cblol e é a staff quem vai escolher quem joga o cblol.”

 

Jogo 5: Loud x INTZ

 Loud
Imagem – reprodução Riot Games

A Loud vinha como favorita para o confronto, enquanto a INTZ tinha muito o que mostrar para tentar emplacar uma possível sequência de vitorias. Porém, a Loud se mostrou superior e mesmo com um jogo disputado ate a marca dos 25 minutos, os novatos do cblol mostraram sua força e souberam administrar a vantagem, se mantendo na luta pelo topo.

Entrevista com Maestro: No ano passado a INTZ não fez um bom primeiro split, se recuperou e venceu o segundo. Esse ano a primeira parte da história se repete, o projeto da INTZ vem com o pensamento de ir para o Worlds ou o time não estar desempenhando tão bem é um problema da equipe e vocês vão tentar resolver e lutar pelo título?

R: “Na verdade todo planejamento de equipe deveria seguir um médio, longo prazo, mas precisamos entender que em um ambiente competitivo o longo prazo é muito mais curto que em uma profissão normal, então precisamos encurtar o longo prazo e tentar resolver os problemas para poder ter uma contestação. Mesmo que seja um plano a longo prazo, agora todos os resultados que estão vindo ligam um alerta para entendermos se estamos indo para o caminho certo”

P: Historicamente a INTZ é um time que pega jogadores novos ou renegados e moldam eles para o sucesso, com o novo sistema de academy o time possui o pensamento de substituir jogadores ou são times separados?

R: “Sempre existe a possibilidade de usarmos jogadores do academy, inclusive o sistema atual ajuda a usar os dois times de forma ativa com 10 ou mais jogadores, então existe a possibilidade de qualquer equipe fazer a troca. Enquanto a nós especificamente, precisamos sentar e conversar sobre os nossos problemas, estamos fazendo um bom trabalho principalmente esses últimos 15 dias nos nosso pontos mais fracos e eu pessoalmente vejo que tivemos uma boa melhora, mas como vimos hoje está longe do suficiente. Precisamos de um volume maior de vitórias e entender se existe uma limitação a ser quebrada ou se temos algum espaço ainda não explorado nessa line up. Iremos sentar e conversar sobre isso.”

O cblol retorna amanha as 13 horas nos canais oficiais da Riot Games, voce confere a cobertura completa do dia aqui no Uailistar após os jogos da rodada.

Siga nossas redes sociais

Comentar via Facebook