Uma prática bastante comum no universos dos jogos é o crossover. Esta junção de personagens de diversos universos rendem jogos incríveis e novas histórias.

Um Crossover é quando juntamos personagens de dois ou mais universos distintos (ou não tão distintos assim- vide Power Rangers) e se unem por causa de algum acontecimento.

LEIAM MAIS

Entretanto, os personagens não precisam ser de empresas diferentes (alô The King Of Fighters) mas geralmente são. Nos anos 90/2000, os crossovers de jogos de luta foram uma febre sem tamanho.

Outra febre sem igual, foi Street Fighter 2. O segundo jogo da série trazia de volta Ryu e nos apresentava a Chun Li. O que acontece quando duas coisas fazem bastante sucesso? Junta-se a duas. Portanto, vamos mostrar algumas vezes que Ryu e/ou Chun Li participaram de um crossover.

Série Versus

Com isso, em 1996, nascia o primeiro crossover envolvendo Street Fighter e uma outra franquia que não era da Capcom. X-men vs Street Fighter inaugurou uma série de crossovers que viriam aparecer até personagens pouco lembrados pelo povo.

X-men vs Street Fighter, como o nome diz, trazia os personagens consagrados da Marvel contra os consagrados personagens da Capcom. Ambos eram verdadeiros sucessos nos anos 90, e o jogo não foi exceção.


Após o primeiro jogo, no ano seguinte (1997), eles expandiram a série e trouxeram mais heróis da Marvel para a brincadeira. Agora, você poderia jogar com Homem-Aranha, Hulk e outros. Além, claro dos personagens de Street Figther.

Em 1998, veio o primeiro Marvel vs Capcom. Entretanto, alguns personagens do Street Fighter viraram auxiliares para dar vaga a outros personagens da Capcom. Contudo, Ryu e Chun Li permaneceram jogavéis e ganharam até novo golpes.

Chun Li tinha sua “tela preta”, que diferentemente do Shun Goku Satsu (do Akuma) era mais simples de realizar. Já Ryu poderia assumir a forma de Ken, Sean e Evil Ryu o que muda a jogabilidade original do personagem.

Contudo, a última aparição deles na série foi no último jogo lançado. Marvel vs Capcom: Infinite tenta resgatar as raízes, mas “surfando” na febre do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel).

Fortnite e um Verdadeiro Crossover

Fortnite virou um sucesso quando saiu a versão Battle Royale do jogo. Entretanto, no início o jogo não era um crossover. Entretanto, devido a tanto sucesso o jogo virou uma espécie de Smash Bros dos Battle Royale.

O jogo conseguiu juntar Star Wars, Exterminador do Futuro, Marvel, DC e outros. Contudo, Street Fighter não ficou de fora e (em 2021) Ryu e Chun Li viraram Skins do jogo.

A jogabilidade permanece a mesma, porém eles trazem (consigo) diversos cosméticos que deixam a jogatina mais charmosa.

 

Depois de se juntar a diversos personagens da cultura pop, Fortnite se junta a Street Fighter com Ryu e Chun Li./ Foto Reprodução: Epic Games
Depois de se juntar a diversos personagens da cultura pop, Fortnite se junta a Street Fighter com Ryu e Chun Li./ Foto Reprodução: Epic Games

Smash Bros

Como já citado previamente, Smash Bros é uma franquia de jogos de luta que conta com a participação de vários personagens da Nintendo.

Os primeiros jogos só contaram com a participação de personagens da própria Big N. Entretanto, a partir de Smash Bros Brawl, o jogo atualmente conta com a participação de vários outros personagens.

Um deles é Ryu. O lutador chegou como DLC na versão de Wii U e foi descoberto por jogadores após verificarem os arquivos dos jogos e verem arquivos com a música do estágio do Ryu em SFII. Contudo, na versão de Switch ele já veio incluso no jogo.

Ryu em Smas Bros./Foto Reprodução: Nintendo
Ryu em Smas Bros./Foto Reprodução: Nintendo

Power Rangers

Quem poderia imaginar que teríamos um crossover entre Power Rangers e Street Fighter? Depois de tanto fazerem junções com as Tartarugas Ninjas, os Power Rangers fizeram um crossover com Street Fighter.

O jogo mobile, Power Rangers: Legacy Wars, traz a Rita Repulsa (do filme de 2017) conseguindo abrir um portal dimensional e ressuscitando M. Bison (ou Vega, já falei disso antes). Com isso, os Power Rangers se unem aos heróis de SF para resolver a situaçao.

Contudo, Ryu e Chun Li acabam virando Rangers ao receberem poderes da Moeda do Poder. A campanha teve até um curta com a participação de Jason David Frank (o lendário Tommy Oliver da série Live Action) e produzido pela Bat In The Sun.

Ryu vira o Chrimson Hawk Ranger e Chun-Li a Blue Phoenix Ranger. Sendo que, Chun Li consegue a moeda que seria para o M.Bison utilizar para fins maléficos.

Chun Li como Blue Phoenix Ranger em Legacy Wars./ Foto Reprodução: nWay
Chun Li como Blue Phoenix Ranger em Legacy Wars./ Foto Reprodução: nWay

Power Rangers: Battle For the Grid é um jogo produzido pela mesma desenvolvedora de Legacy Wars. Contudo, o jogo (para consoles e PC) traz a história de Lord Drakkon que é um Tommy Oliver de uma outra dimensão.

Entretanto, recentemente foi anunciado um novo pacote de DLC que contará com o retorno de dois Rangers. Ryu e Chun Li voltam a ser Rangers nessa nova DLC e retornam a vestirem roupas do Chrimson Hawk Ranger e Blue Phoenix Ranger.

Esta DLC sairá no dia 25 de maio de 2021 e estará disponível para todos os consoles.

 

BAIXE E JOGUE FORTNITE!

Para mais notícias, acessem nosso portal.

 

Comentar via Facebook