MIBR voltou as disputas LAN. A ECS reúne o que há de melhor do CS:GO americano e europeu.

A ECS (Esports Championship Series) começou/terminou nada agradável para os brasileiros da MIBR. O campeonato reúne os 8 melhores times das regiões Norte-América e Europa.

Como os brasileiros da FURIA e MIBR jogam pela a região NA, eles disputaram as classificatórias fechadas. Entretanto, não são as únicas equipes brasileiras que disputaram as classificatórias. INTZ e Luminosity também participaram, mas não se classificaram.

MIBR começou o campeonato mal e perdeu a primeira partida. Eles enfrentaram a North e o jogo foi uma verdadeira loucura. Estava 14-3 quando o eles tomaram o empate e a virada.
O jogo foi para a prorrogação e a partida teve uma duração de set de vôlei, que acabou em 25-23. Com a derrota, eles foram obrigados a jogar a partida de eliminação.

Enquanto isso, na outra chave, a FURIA enfrentaria a dinámquina do CS. Isso mesmo, logo na estreia eles enfrentariam a Astralis.
O jogo foi pegado e o favoritismo ia prevalecendo. Porém, o comeback foi real e o “ataque das panteras loka” aconteceu. Travados nos 14 pontos, os dinamarqueses viram os brasileiros virarem o jogo e escreverem um pedaço da história. Contudo, a vitória só mostra a boa fase recente de KSCERTARO e cia.

O Adeus do campeonato

Pela a partida de eliminação, os brasileiros da MIBR enfrentaram os norte-americanos/australiano da Complexity. A partida foi disputada em uma série MD3.

A expectativa era de uma partida relativamente tranquila por parte dos brasileiros pois o adversário vinha de mudanças e um retrospecto ruim no primeiro mapa em disputa. Mas, oBo estava bastante iluminado e só faltou “fazer chover”. 
O menino tem apenas 15 anos de idade, mas já mostrou para o que veio. Devido a essa atuação magistral, os norte-americanos levaram o primeiro mapa por 16-4.

No segundo mapa, primeira vez dos brasileiros na Vertigo em campeonatos LAN, os brasileiros começaram diferentes e saíram na frente no primeiro tempo em 10-5. Jogando com a experiência, eles controlaram a partida e levaram o segundo mapa por 16-9.

Após devolver a vitória no mapa de escolha dos estadunidenses, os brasileiros ainda sonhavam com a classificação e permanência no campeonato. O local de decisão seria a Mirage.

A Complexity saiu na frente, mas o MIBR encaixou 7 rounds seguidos. Com o famoso 7-1 nosso de cada dia, os estadunidenses conseguiram reduzir a vantagem e o primeiro tempo terminou 8-7 para o Brasil.
Em um segundo tempo mais apertado que “fusca de família com 6 integrantes”, ninguém conseguia uma sequência de vitórias que pudessem levar a permanência no campeonato.

Status do oBo na ECS (contra MIBR)/ Foto Reprodução: FACEIT ECS
Status do oBo na ECS (contra MIBR)/ Foto Reprodução: FACEIT ECS

Mas, oBo continuou brilhando e foi decisivo para o confronto. Contudo, a Complexity saiu vitoriosa e os brasileiros foram eliminados precocemente do campeonato.

Para mais notícias sobre CS:GO, acesse nosso portal.

Comentar via Facebook
Betway Brazil Esports Image Banner