Startup lança programa que permite aos jogadores de Counter-Strike Global Offensive a disputar bitcoins enquanto jogam

 

A startup de criptomoedas ZEBEDEE implementará essa semana servidores em seu aplicativo, Infuse. Que conta com tecnologia avançada permitindo aos jogadores de Counter-Strike: Global Offensive ganhar Bitcoins durante as partidas.

De acordo com o cofundador e CEO da startup ZEBEDEE, Simon Cowell, a notícia já está gerando bastante alarde no mercado dos jogos.

 

“O anúncio de nossa integração do Bitcoin com CS: GO ressoou com os jogadores de uma forma que eu não tinha visto antes em jogos de blockchain” Disse Cowell ao Decrypt.

Inscrições na lista de espera já são suficientes para manter nossos primeiros 10 servidores cheios, então planejamos expandir a capacidade em breve. Tenho a boa sensação de que finalmente descobrimos a infiltração das criptomoedas nos jogos convencionais.” Finalizou

 

O programa funcionará assim: Ao jogar em um dos servidores Infuse, disponíveis para Windows, macOS e Linux, o jogador terá de digitalizar um QR code no início da partida, pagando uma pequena quantia de 100 satoshis (0,00000001 BTC) para efetuar sua inscrição na disputa.


 

Saiba mais

 

A quantidade de Bitcoin (BTC) a ser recebida pelo jogador dependerá da sua performance ao longo do jogo, com base no acumulo de mortes/abates da pontuação total da partida. Ou seja, quanto melhor o desempenho mais bitcoins na carteira. Contudo, caso o jogador tenha um desempenho ruim, há a possibilidade de perder Bitcoins.

Ainda que as quantias a serem disputadas pelos jogadores sejam pequenas, podemos considerar que é uma das formas de incentivo e investimento que os jogadores têm ao acumular satoshis.

A inovação de mercado dos jogos não se limitará apenas ao CS:GO, mas também terá sua expansão futura para jogos como Dota 2, Call of Duty e Minecraft.

 

 

Fique ligado para mais notícias em nosso PORTAL

Você também pode acessar nossas redes sociais AQUI

Comentar via Facebook