Confira o nosso bate-papo com o Kaisz, General Manager da TSM Brasil. Abordamos assuntos como: a rotina e preparação dos jogadores em Singapura, grupo da morte e muito mais!

Kaizs General Manager da TSM no Brasil comemorando o título nacional
Foto reprodução – Riot Games

A TSM é a equipe que vai representar o Brasil  no Mundial de Wild Rift que acontecerá entre os dias 13 e 21 de Novembro.

O Uailistar conseguiu uma entrevista exclusiva com o Kaizs, General Manager da TSM aqui no Brasil, a equipe que irá nos representar na Horizon Cup. Apesar de não ter viajado para Singapura, pois ficou cuidando do time de Free Fire que está no relegation da LBFF. Kaizs mantém contato diariamente com os meninos e nos contou um pouco mais sobre como está sendo a rotina e a expectativa do time de Wild Rift para o mundial. 

Entrevista:

Trinitty: O time viajou tranquilo ou rolou um pouco de ansiedade por estar indo para outro país?
Kaisz Ah! Se eu dissesse que não, eu estaria mentindo. Todos os meninos estavam muito querendo viajar, pra alguns foi a primeira vez andando de avião e saindo do país, então foi algo bem marcante pra eles.
Trinitty: Como tem sido a rotina dos meninos desde que chegaram lá?
Kaisz: Foi bem puxado, por causa da situação de pandemia o time está de quarentena.  Cada um em quarto separado, durante 14 dias sem se ver. Mas agora que ajustaram os horários estão dividindo o tempo entre scrim, vod e soloq.
Trinitty: Você acha que no Wild Rift, o Brasil vai conseguir estar em nível equiparado das equipes estrangeiras?
Kaisz: A gente recebe demais essa pergunta, só vamos saber depois que começar o campeonato. Nunca houve um campeonato internacional antes, então não tem como eu responder com exatidão. Vamos nos dedicar muito pra tentar trazer esse título para o Brasil!
Trinitty: Algumas pessoas têm falado que o grupo que a TSM está, é o grupo da morte. Como vocês tem visto essa situação?
Kaisz: Pra nós é motivador, temos a chance de jogar contra grandes equipes do cenário mundial e além de nos provar, aprender muito sobre o jogo pra voltar pro Brasil ainda mais fortes.
Trinitty: Como está sendo a expectativa da TSM Brasil de representar o país no primeiro campeonato de Wild Rift do mundo?
Kaisz: Defino em uma palavra: Hype! Hahaha! Resultado de muito treino e dedicação dos meus meninos.
Trinitty: Deixe uma mensagem para os torcedores e fãs que estão ansiosos pela Horizon Cup.
Kaisz: Meus TSMores, vamos dar 100% para surpreender vocês e o mundo. Obrigado pelo apoio incondicional #TSMWIN.
Saiba mais:
Para mais notícias sobre Wild Rift acesse AQUI
Horizon Cup primeiro campeonato mundial de Wild Rift CONFIRA
Formato e programação da Horizon Cup CONFIRA 
Para mais informações clique AQUI
Confira as redes sociais do Kaisz:
Twitter
Comentar via Facebook