Flamengo aplica stomp em CNB e garante a vaga na final do CBLoL!

As semifinais do CBLoL começaram neste sábado (06), o primeiro de fim de semana de abril. Flamengo, o líder que perdeu apenas um jogo, contra a CNB que conseguiu a vaga no último apagar das luzes. Mesmo com algumas tentativas isoladas dos blumers de aplicar a reviravolta, a vitória rubro-negra foi inevitável e a vaga para a final veio com firmeza.

Texto: Mr Pedroks e The MD

A primeira partida

Enquanto o Flamengo (cotado como o favorito por todo histórico na competição) apostou no famoso feed para BrTT e designou um papel de segurança para Robô, a CNB trouxe uma composição voltada para o late game. Com Yorick no top, Urgot na selva e Corki para o meio, a aposta do 1/3/1 com fortes ganks de Aslan era uma ótima opção.

Já a botlane dos urubus teve bastante tranquilidade em lidar com o 2v2 e até o 3v2 da CNB.  Kalista e Morgana nas mãos de BrTT e Luci (destaque) fizeram a festa em todas as situações de luta. Acompanhe:

Mesmo com a vantagem numérica, a CNB não conseguiu encaixar a luta por conta da rápida resposta de Luci e BrTT.

Apesar das tentativas, quem ditava o ritmo eram os rubro-negros. Eles controlavam onde bot, mid, e jungle estivessem. Mesmo com a pequena pressão sofrida por Robo com seu Gangplank pelo Yorick de Duclou, a partida não pareceu pender para o lado Blumer em nenhum momento. Até o BrTT saiu do meio do time para gankar os solo laners.

Os blumers até esboçaram uma reação na partida, porém não conseguiram virar e o Flamengo abriu 1-0 após uma luta limpa no mid.

CNB tenta responder

O segundo jogo, começou com o Robo e Shrimp errando um dive estando, ambos, nível três e Duclou, apenas nível. Com isso, Duclou com seu Aatrox, conseguiu um double-kill que colocou a CNB em boa vantagem. Se liga no NA Dive do FLA!

Os blumers conseguiam imprimir sua vantagem, mas não tinham o total controle da partida. Eles conseguiram o First Brick, mas não aproveitaram por muito tempo a superioridade, já que BrTT ainda tinha uma boa quantidade de ouro acumulado devido à destruição de diversas barricadas.

Os rubro-negros puniram os erros do adversário, revertendo todas as punições em quaisquer tipos de objetivos como, Barão, Dragões e torres. O Flamengo voltou a ditar o ritmo da partida e se encaminhou à vitória. O principal ponto das lutas do FLA não chega a ser mérito do time. PBO com sua Tristana acabou por se entregar algumas vezes, diminuindo drasticamente o DPS e a força de combate dos blumers. Forçando algumas ótimas lutas, os urubus conquistaram sua segunda vitória na série. Com isso, eles já estavam com “um pé na final”.

Com essa vitória no segundo jogo, o FLA atingiu a marca de maior número de vitórias consecutivas no CBLoL, ultrapassando a INTZ que, anteriormente, havia conquistado 14. A composição de team fight do time seguiu o mesmo propósito da anterior, contanto com atuações EXTREMAMENTE seguras e inteligentes de Luci e Shrimp.

Carimbando o ingresso para a final

O terceiro jogo, que poderia ser o último, começou bastante favorável para a composição do Flamengo. Voltada para o early e mid game, eles conseguiram o First Blood com seu atirador e capitão – BrTT – que jogou os três jogos com a (famosa) Kalista.

O jogo estava controlado por parte do FLA, mas Aslan (Zoe) travava de segurar algumas investidas dos rubro-negros. Apesar disso, o Flamengo conseguia imprimir pressão em todas as rotas, o que impedia um bom escalonamento de Duclou (Kayle) e PBO (Tristana). Com certeza um “campa mais” deve ser sido digitado por PBO e Hawk durante toda a partida. A pressão exercida por todo o time do Flamengo na botlane chegou até a dar dó pois, no início do jogo, BrTT já tinha 1 abate a seu favor. Acompanhe o gank cedo de Shrimp com sua Tallyah!

Aos 15 minutos de jogo BrTT e Shrimp já acumulavam 7 abates, o time já havia conquistado o arauto e a diferença entre os atiradores era de 1 item completo! Ao fim do jogo, Shrimp já havia até stackado seu Mejai’s e a diferença de ouro era de estrondosos quase 16 mil!

Terminada a série, o Flamengo tem sua vaga nas finais garantida com sucesso e enfrentará o vencedor do confronto entre INTZ e Redemption amanhã, 07/04.

Torcedor Rubro-Negro, quais as esperanças para a final? Será que vem outro 3/0 limpo por aí? Esperaremos pelo dia 13 ansiosamente para saber quem representará o Brasil no MSI 2019!

Para mais notícias sobre LoL e outros eSports acesse nosso portal e nosso canal no Youtube.

Comentar via Facebook
Betway Brazil Esports Image Banner