A IEM Chicago está chegando nos playoffs, com isso várias equipes se despediram da competição. A MIBR não conseguiu superar as adversidades e se despediu da competição. 

Está acontecendo a IEM Chicago e neste campeonato tivemos participações de duas equipes brasileiras (MIBR e Luminosity Gaming).

O torneio, que teve seu início no dia 06 de novembro, conta com 16 equipes dividas em dois grupos. Eles se enfrentam num sistema de dupla eliminação, sistema bastante utilizado em torneios de jogos de luta, por exemplo.

Enquanto “TACO” (Team Liquid) e a LG ,dos gêmeos Henrique e Lucas Teles, estavam no mesmo grupo, “Fallen” e cia estavam no grupo A.

A Luminosity começou o campeonato enfrentando logo de “cara” a TL e perdeu para eles por 16-11.
Caindo para chave dos perdedores eles tiveram uma sobrevida após ganhar por 2-0 da AVANGAR. No mapa Inferno eles aplicaram um 16-14 e o resultado no mapa Train foi de 16-10.

A LG jogará, hoje (8) às 16:00 (horário brasileiro de verão), contra a eUnited uma série melhor de 3 valendo a permanência no campeonato ,enquanto isso a Team Liquid jogará contra a Fnatic valendo a classificação para os playoffs.

A MIBR estreou com vitória, mas não tiveram “vida fácil” contra seu adversário e se viu obrigada a virar a partida contra os australianos da Renegades.


Mesmo com a vitória, eles não conseguiram apagar o mal momento vivido pela equipe resultando em eliminações precoces.

Na segunda rodada da chave dos vencedores eles enfrentaram a FaZe Clan.
A equipe europeia vem de título do EPICENTER 2018 e passa por um bom momento.

Os brasileiros perderam a série por 2-1. No mapa Cache eles perderam por 16-14. O placar se repetiu no mapa Mirage, porém a favor da MIBR.
Não sendo capaz de impedir o ímpeto europeu, a MIBR perdeu por 16-11 no mapa decisivo (Train).

Com essa derrota, eles foram para a chave dos perdedores.

Sonhando com uma sobrevida, eles enfrentaram a NRG Esports.

O adversário dos brasileiros perdeu a primeira rodada para a North (16-10) e ganhou da MVP PK (2-1).

Em tese, os jogadores da MIBR são mais habilidosos que os da NRG mas não foi comprovado na prática.

Os brasileiros saíram na frente e ganharam o primeiro mapa (Inferno) por 16-10.

Precisando apenas de mais um mapa para avançar na chave, eles enfrentaram uma “pedreira” no segundo mapa (Cache).

Em uma partida disputada, o jogo foi para prorrogação após ambos os time pontuarem apenas 4 rounds no lado CT.

A NRG conseguiu a vitória na segunda prorrogação, finalizando o mapa em 22-18.

O último mapa (Train) é um mapa que “presenciou” momentos de glória dos brasileiros, mas dessa vez “presenciou” a eliminação.

A MIBR saiu na frente e virou a primeira metade em 8-7 (jogando pelo lado Terrorista). Porém a equipe norte-americana virou a partida e ganhou a segunda metade por 9-3, terminando a partida 16-11 e fechando a série em 2-1.

Com esse resultado, a MIBR se despediu da IEM Chicago.

O próximo compromisso da equipe será a ECS Season 6 North America e enfrentará a Rogue.

Para mais notícias sobre CS:GO e outros e-sports acesse nosso portal e nosso canal no youtube.

Comentar via Facebook