Mesmo com partida extremamente dominante, os ninjas dão “emocionada” e entregam partida tão rápido quanto Sedex!

Seria o jogo de hoje o início de uma nova parceria? Talvez os correios tenham fechado exclusividade de entregas da Sedex no site da Kabum! Brincadeiras à parte, o jogo dos ninjas pela 9ª rodada do CBLoL foi muito, mas muito estranho. Chega a ser cômica a reação dos jogadores ao destruírem o inibidor da equipe da UP e continuarem a pressão, sem levar em consideração a composição adversária.

Não há, por incrível que pareça, críticas a serem feitas ao time da Kabum! no jogo de hoje. Tanto a organização e a comunicação quanto a gameplay estavam afiadíssimas. O famoso “fino do fino” de execução de composição e escolha de pressão foi feito pela Kabum! eSports. Ranger e Zantins fizeram apresentações sem comparação, provando mais uma vez que a agressividade de earlygame é a marca registrada e funcional da equipe. Titan, Ryiev e Dynquedo também jogaram conscientemente, respeitando os limites de cada campeão, tanto para avanço, quanto para recuo. A volta de Hiro para a comissão técnica também parece ter dado outro “gás” para a KBM.

A composição da Kabum! eSports foi praticamente a mesma do último jogo. A única diferença é a mudança do top de Sylas para Jayce.

A composição da Uppercut, que já demoraria normalmente para escalar, ficou ainda mais vulnerável ao early/midgame por conta de pressão 2v2 que Sejuani e Jayce possuem. Uma boa sacada do draft ninja. No minuto 3, o primeiro abate em cima da Akali de Fitz. Pouco mais de 10 minutos depois, Zantins (Jayce) já tinha em seu inventário dois itens completos. Além disso, a vantagem de farmharass já era colossal. A hora em que até mesmo os casters tinham comentado que “azedou para a uppercut”, foi um momento de destaque que merece ser compartilhado.

Para uma melhor experiência, mute o primeiro vídeo (tranmissão) para ter o áudio do segundo.

Como foi que tudo mudou?

ADCarry Alternative levou para Summoner’s Rift sua Sivir. O que houve foi um provável descaso com o dano da campeã. Com mais de 30 minutos de partida, o dano de seus acertos críticos machucavam, e muito, a backline dos ninjas. Ao conseguirem a destruição do inibidor da rota inferior da Uppercut, a Kabum! tomou a decisão de tentar finalizar a partida. Foi aí que a composição de dano em área da UP sobrepujou a vantagem de quase 10K de ouro da Kabum! A luta que desencadeou a virada você pode acompanhar abaixo:

Logo após a luta, o controle da partida voltou-se totalmente à UP, que dominou as lutas, rotações e mapa da Kabum! Agora a Uppercut se mantém na disputa pelo liderança contra o FLA e a KBM ainda briga para sair das últimas posições.

Conta pra gente, torcedor da Kabum! O que achou da nova parceria não voluntária com a Sedex? O time ainda tem chances de brigar pelo topo da tabela?

Para mais notícias sobre games e eSports acesse o nosso portal e o nosso canal no Youtube.

Comentar via Facebook
Betway Brazil Esports Image Banner