A Riot Games soltou um comunicado explicando o motivo pela qual os modos de jogo PVE (Jogadores versus máquina) sumiram do League Of Legends

Os famosos modos personalizados fazem bastante sucesso no League Of Legends o que torna o jogo mais dinâmico, atualmente estamos com o URF disponível.

Além desses modos personalizados muitos jogadores se apaixonaram pelos modos PVE onde os jogadores jogam contra a máquina, um bom exemplo foi o modo Odisseia que fez bastante sucesso na época.

Mesmo que esses jogos façam um certo sucesso, o Rioter HBBONG, que faz parte da equipe de desenvolvimento da empresa, publicou um post dizendo que não teremos um novo modo deste estilo tão cedo. A justificativa para isso é que as pessoas ficam animadas no começo, mas acabam parando de jogar muito rápido, de forma que todo o esforço que é colocado na produção acaba não compensando.

“Criar um novo modo que foge totalmente da natureza principal do LoL leva tempo para ser feito, então queremos ter certeza que a quantidade de tempo que gastamos em desenvolvimento vale a quantidade de tempo que você aproveita”, comentou o rioter.

Ele publicou um gráfico que mostra a quantidade de horas jogadas por modo mundialmente, e os dois PVEs já lançados, estão entre os que são abandonados mais rápido.

Modos PVE
Modos PVE

Podemos observar no gráfico que em no máximo 25 dias a quantidade de horas jogadas nesses modos cai de forma drástica. Esse comportamento pode ser explicado pelo fato que os jogadores levam um certo tempo para passar pelas fases e conquistar os objetivos, e logo após a conquista não faz mais sentido ele jogar o modo novamente.

O rioter sabe que a comunidade pede pelos eventos estilo URF mesmo que os mesmos não mudem o estilo de jogo. Sendo assim a Riot vai trabalhar para trazer futuramente esses modos aclamados com diferentes temáticas. Como já postamos aqui no portal provavelmente o próximo modo que estará disponível será o Blitz Nexus.


Veja mais –

Siga o Uailistar nas redes sociais para mais notícias – Facebook

Comentar via Facebook