A fase de grupos do Mundial de LoL 2018 começou nesta quarta-feira e tivemos diversas surpresas.

Começou nesta quarta-feira (10) a fase de grupos do Mundial de LoL. Confira abaixo o resumo dos quatro dias de competição:

Dia 1

O primeiro dia começou com o grupo C jogando e logo em seguida tivemos partidas válidas pelos grupos A e B.

O duelo inicial foi entre a coreana kt Rolster contra a americana Team Liquid.

Enquanto a Team Liquid se mostrou dominadora nos torneios da LCS NA, a kt foi a grande campeã da LCK.
Sendo considerada uma das favoritas ao título ao lado da RNG e GEN G.

A TL até iniciou o confronto bem conquistando o First Blood e um segundo abate logo em seguida, porém Ucal conseguiu um abate após ajudar o top laner Smeb.

Após um inicio eletrizante o jogo foi ficando mais tático e apesar da vantagem da Liquid, a Rolster não deixava o oponente se distanciar e liderava em farms.


Entretanto o time norte-americano foi perdendo o controle da partida e a kt tomou a dianteira em abates.
Consequentemente a kt Rolster encaminhava a vitória.

Aos 33 minutos após dois aces, eles conseguiram finalizar a partida e assim largou na frente perante aos demais adversários do grupo.

A segunda partida foi entre EDG e MAD.

Enquanto a EDG disputou a fase de entrada a MAD se classificou direto para a fase de grupos.
Entretanto o favorito desse duelo era a equipe chinesa (EDG).

O destaque da partida ficou para o atirador iBoy que com sua Xayah ficou 5/1/8, sendo assim, a EDG conseguiu a vitória.

Válido pelo grupo A tivemos Phong Vü Bufalo versus Flash Wolves.

A equipe da PVB demonstrou melhoras nos treinos, porém não foi visto em prática essa melhora.

A Flash Wolves se mostrou mais forte ainda conseguiu dominar do inicio ao fim da partida, tendo destaque para o jungler Moojin que com sua Taliyah destruiu a PVB ficando 6/0/3.

A outra partida do grupo foi entre a coreana Afreeca Freecs e a europeia G2 Esports.

Sendo, até o jogo entre Vitality e Gen G, o jogo considerado a “zebra” do campeonato.

Afreeca saiu na frente conquistando o First Blood rapidamente mas não conseguia capitalizar melhor sua vantagem.

Por mais que a Afreeca controlava a vantagem de ouro a G2 mostrava que o jogo estava longe de acabar, conquistando o First Brick aos 18 minutos.

Prezando pelos objetivos do mapa a G2 conseguia um enorme feito e aos 36 minutos de jogo  eles ganhavam dos coreanos.

Iniciando o grupo B, a equipe considerada favorita ao título do Mundial (RNG) encarava a única equipe norte-americana a passar para a fase de playoffs em todas as edições em que participou (Cloud 9).

O atirador Uzi e cia não tiveram muitas dificuldades e finalizaram o jogo rapidamente em 25:10 minutos.

A Xayah de Uzi estava bastante calibrada e foi o destaque da partida terminando 5/0/5, ficando de fora de apenas uma participação em abates.

Enquanto os chineses comemoravam o bom desempenho, os atuais campões se preparavam para jogar.

A Gen G encarou a vice campeã europeia Vitality e foi responsável por uma das maiores zebras desse campeonato.

Saindo na frente, a Gen G tinha o jogo em suas mãos.
Entretanto eles não conseguiam finalizar a partida.

A Vitality demonstrou paciência e soube trabalhar nos erros do adversário.
Portanto aos 42 minutos eles conseguiram a vitória perante aos coreanos e encerrava assim o primeiro dia.

Dia 2

O segundo dia começou com os dois times considerados os mais fortes do grupo A (Afreeca e Flash Wolves).

Se a Afreeca vencesse deixaria o grupo disputado e a classificação embolada, mas os lobos estavam determinados em não deixar isso acontecer.

A Flash Wolves conquistou o First Blood próximo dos 15 minutos de jogo.

Impondo seu ritmo e seu jogo, eles encaminhavam (a cada momento que se passava) sua vitória.
A “matadora de coreanos” conquistou a vitória após conquistar o segundo Barão.

A segunda partida foi entre PVB e G2.

A G2 vinha de uma vitória importante sobre a Afreeca e a PVB vinha de derrota.

Necessitando ganhar, a PVB fez um draft que continha: Urgot, Gragas, Vel’Koz, Xayah e Leona.

Este duelo foi o mais equilibrado do grupo A e ambos os times se mostravam bem na partida.

Contendo uma vantagem quase insignificante, a PVB rodava o mapa melhor e, sendo assim, conquistava mais objetivos.

Após conquistar o Barão, eles partiram em busca da vitória e aos 34 minutos a PVB conseguia sua primeira vitória no grupo.

Em seguida tivemos a estreia do grupo D.

A partida foi entre 100 Thieves e Fnatic, sendo que,  a equipe europeia era considerada a favorita no confronto.

Caps foi o destaque da partida e só faltou “fazer chover” com sua Irelia.

A Fnatic dominou a partida do inicio ao fim e não teve dificuldades em fechar a partida, estreando com uma vitória importante.

Considerada a equipe mais forte do grupo, a Invictus Gaming encarava pela frente uma equipe que disputou a fase de entrada (G-Rex).

A IG saiu na frente e abateu dois jogadores após um dive no bot, mas a G-Rex conseguiu devolver com um abate na mesma jogada.

Controlando o jogo o time chinês encaminhava a partida, porém a G-Rex chegou a esboçar uma reação.
Impedindo essa reação a IG concretizava a vitória aos 27 minutos.

A penúltima partida do dia seria entre Vitality e Cloud 9.

A equipe americana saiu na frente logo cedo e parecia encaminhar a partida.

A C9 controlava a partida e estava na frente em ouro e abates, mas a composição da Vitality vinha se fortalecendo até que aos 34 minutos de jogo eles assumiam o controle do jogo.

Porém o jogo se estendeu permitindo que a C9 voltasse a sonhar com a vitória.
Após alguns erros, a Cloud 9 conseguia sua primeira vitória no Mundial.

A última partida do dia, em situações normais, seria considerada um “duelo de titãs”.

A RNG encarava pela frente a Gen G e poderia abrir 2-0 no campeonato.

A partida começou com um domínio coreano e eles tiveram chances de sair com a vitória, mas após uma investida chinesa no mid eles se viram obrigados a recuar.
Deixando a Camille para split push, a Gen G apostava conseguir defender-se da RNG para conseguir a vitória.
Entretanto não conseguiram ser páreos para a Sivir de Uzi e a Royal Never Give Up conquistou sua segunda vitória no campeonato.

Dia 3

Quem iniciou os trabalhos do terceiro dia de confrontos foram os times kt Rolster e MAD.

Os coreanos não tiveram muitas dificuldades de impor seu jogo e conseguiram terminar a partida rapidamente.

Ficando 6/0/5 de Swain, o mid laner Ucal comandou o time para vitória que veio aos 26:15 minutos.

Logo em seguida, tivemos EDG contra a Team Liquid.

Os chineses sobrepujaram a equipe americana e perderam apenas uma torre.

O atirador iBoy e o mid Scout se mostraram bastante eficientes e ambos conseguiram 4 abates.
Confirmando o favoritismo aos 27:44 minutos a EDG abriu 2-0 no grupo C.

Após este jogo tivemos Fnatic versus Invictus Gaming.

Ambos os times vinham de vitórias e já teríamos um desempate não programado.

A IG saiu na frente aos 3:30 e já colocava a vantagem na bot lane, todavia quem destruiu a primeira torre foi a Fnatic.

Contendo a reação europeia, os chineses voltaram a dominar a partida e a Kai’Sa do JackeyLove estava muito forte.

Conseguindo utilizar a Kai’sa de maneira contundente, o atirador da IG terminou 11/1/8 ficando de fora de apenas dois abates de sua equipe.
Aos 27 minutos eles terminaram com a partida e assim abria 2-0 no grupo.

As equipes 100 Thieves e G-Rex fariam o próximo confronto.

Aproximadamente aos 8 minutos de partida a Kai’Sa do Stitch sofreu uma investida e foi abatida pela Xayah do Rikara.

A Thieves destruiu a primeira torre cedo, abrindo espaço no mapa e permitindo a bot lane rotacionar.

A G-Rex esboçava uma reação, mas a equipe norte-americana se demonstrava superior e conquistava mais objetivos.

Após fazerem o Barão, eles aumentaram sua vantagem em relação à quantidade de torres destruídas, ouro e abates.
Com a vitória praticamente assegurada, a 100 Thieves terminou a partida aos 38 minutos.

RNG e Vitality fariam um confronto que poderia embolar todo o grupo B.

Os chineses jogavam por manter a invencibilidade e os europeus para se distanciar dos outros componentes do grupo.

Mostrando que estava com as habilidades “em dia”, Uzi trouxe uma Tristana que se mostraria uma “pedra no sapato” da Vitality.

Conquistando logo cedo o First Blood e o First Brick, a Tristana crescia no jogo e a RNG controlava mais o jogo.

Destruindo 11 torres, os 3 inibidores e derrotando 1 Barão, 2 Dragões e 1 Arauto do Vale a RNG derrotou a Vitality em 29 minutos de partida.

No último duelo teríamos Cloud 9 contra Gen G.

Se a Gen G perdesse estaria em uma situação complicada no campeonato, porém o Lucian do Ruler e a Taliyah do Haru estavam dispostos a ganhar.

Terminando 4/0/4 com o Lucian, Ruler e cia conseguiram a vitória e terminavam o terceiro dia de Mundial 1-2.

Dia 4

O quarto dia da fase de grupos começou com Afreeca Freecs jogando com a “corda no pescoço” contra a PVB.

A PVB até saiu na frente, entretanto a Afreeca conseguiu impor seu jogo e virava a partida.

Com um Swain 6/0/2, os coreanos da Afreeca  conseguiram sua primeira vitória no Mundial.

Em seguida seria a vez da G2 enfrentar a, líder do grupo, Flash Wolves.
Caso a Flash Wolves vencesse, igualaria em campanha, com a líder do grupo B (RNG).

A FW até saiu na frente em abates, mas quem destruiu a primeira torre foi a G2.
Controlando a vantagem no farm e consequentemente a vantagem no ouro, a G2 liderava a partida.

Levando somente duas torres a FW via uma G2 superior ao seu estilo de jogo e eles foram derrotados aos 31:38 minutos de partida.

O terceiro confronto foi entre Invictus Gaming e 100 Thieves.

A Thieves começou impondo seu jogo e saiu na frente conquistando o First Blood aos 2:31 minutos de partida.

O que parecia um jogo que a Thieves conseguiria demonstrar resistência, se comprovou um jogo com domínio da IG.

Com uma Kai’Sa extremamente forte e uma Lissandra também forte, a IG não obteve dificuldades e acabou com a partida rapidamente.
A partida teve uma duração aproximada de 20 minutos.

O outro duelo do grupo foi entre G-Rex e Fnatic.

A Fnatic vem se mostrando forte ao longo das competições em que disputa e no mundial não vem sendo diferente.

Considerada um pouco superior ao adversário, a Fnatic veio com um draft que se fortalece muito cedo e encurta a duração das partidas.

O jungler Broxah participou de todos abates da equipe europeia e terminou a partida 7/0/8.
Rekkles com sua famosa Sivir terminou 5/0/9.

E com essa superioridade a Fnatic terminou o jogo em 24 minutos.

O penúltimo jogo do dia foi entre a equipe norte-americana Team Liquid contra a equipe taiuanesa MAD.

A TL não enfrentou grandes dificuldades, porém fizeram um jogo lento e capitalizador de recurso e finalizaram a partida aos 37:30.

O último jogo do quarto dia foi kt Rolster contra EDG.

A EDG jogava pra manter a invencibilidade chinesa no campeonato e a kt jogava para manter seu bom desempenho desde o começo do torneio.

O jogo foi controlado pela kt e apesar dos poucos abates eles conseguiram destronar a soberania chinesa.

Levando todas a torres do adversário, os coreanos terminaram o jogo em 34:26 minutos de partida.

Mundial Tabela
Mundial Tabela/ Foto Reprodução Twitter: LoL Esports BR

O que será que os próximos dias de Mundial nos reserva?

Para mais notícias sobre LoL ou outros e-sports acesse nosso portal e nosso canal no youtube.

Comentar via Facebook