Em jogo difícil contra Kabum!, Flamengo eSports vê seu nexus cair pela primeira vez em 2019

Primeiro jogo do ano em que BrTT e Shrimp não brilham em suas posições resulta em derrota do Flamengo eSports. A falta de presença de Goku com seu Urgot e a pouca presença de Robo no jogo também ajudaram para a derrota rubro-negra. O time não fez uma péssima apresentação nem jogou mal, mas com certeza não foi o Flamengo de sempre.

A tática com a qual estamos acostumados, de feed intenso dos carregadores, não foi utilizada hoje pelo FLA. Talvez a opção tenha sido por algo mais distribuído, focando no dano de Robo e Goku. O toplaner fez seu trabalho na fase de rotas e conseguiu diversos abates e ouro. O Urgot de Goku teve um início de jogo muito fraco e com diversas falhas mecânicas do mid durante a partida. Os recursos, portanto, não foram bem utilizados e a pressão de composição da Kabum! acabou por suprimir as chances do time com o caçador e a rota inferior. Além da falta de força do midlaner, foi difícil para Robo aplicar todo o combo de dano e mobilidade de seu Jarvan.

botlane de Thresh e Kalista tinha grande potencial para controle de grupo e lutas em espaços pequenos. No entanto a resposta da Kabum! foi de superproteção e respostas rápidas com Leona e Sejuani controlando a backline do FLA. Acompanhe essa luta na selva rubo-negra/Barão e entenda melhor essas fights:

Devemos nos preocupar?

Nada muito ruim ocorreu com o FLA hoje. Muito provavelmente a mudança de tática possa ter sido um teste para o futuro na competição. Levando em consideração a vantagem que o time tem para o quinto colocado, uma derrota não contará tão negativamente. O time deve, todavia, estar atento às atuações das outras equipes, já que agora o tabu da invencibilidade está quebrado.

Para mais notícias sobre eSports acesse nosso portal e nosso canal no Youtube.

Comentar via Facebook
Betway Brazil Esports Image Banner