Olá a todos, venho nesse artigo detalhar minha empreitada pelo ranking no MTG Arena e falar um pouco sobre esse deck que utilizei na escalada, praticamente usei somente o TurboFog o caminho todo do Bronze até atingir o Mítico.

Olhando o metagame repleto de Monored’s e White Winnie’s vi que seria uma boa investir no TurboFog, afinal ele só precisaria sobreviver aos primeiros 4 ou 5 turnos que as chances mudam bastante e passam a tender para o nosso lado da balança. Eu só precisava encontrar cartas que me ajudassem a não morrer nesses turnos.

Primeiro vamos falar da minha lista inicial.

4 Root Snare (M19) 199
4 Gift of Paradise (M19) 184
4 Teferi, Hero of Dominaria (DAR) 207
4 Nexus of Fate (M19) 306
2 Search for Azcanta (XLN) 74
1 Memorial to Genius (DAR) 243
4 Glacial Fortress (XLN) 255
4 Temple Garden (GRN) 258
2 Hinterland Harbor (DAR) 240
4 Chemister’s Insight (GRN) 32
2 Sunpetal Grove (XLN) 257
1 Forest (GRN) 264
1 Forest (DAR) 269
2 Plains (DAR) 252
1 Plains (M19) 261
2 Island (DAR) 254
1 Island (GRN) 261
4 Island (M19) 265
1 Settle the Wreckage (XLN) 34
4 Pause for Reflection (GRN) 140
2 Karn, Scion of Urza (DAR) 1
4 Anticipate (M19) 44
1 Oath of Teferi (DAR) 200
1 Blink of an Eye (DAR) 46

Esse era um deck que eu jogava apenas porque gostava dele, mas não obtinha grandes resultados, com um winrate até menor que 50%, visto que ele demora demais pra combar, até lá eu ja estava morto, principalmente pra MonoRed. Então por quê insistir nele? Pelo simples fato: Porque eu gosto do deck.

Vamos analisar as principais fraquezas do TurboFog e com isso vamos analisar as mudanças que eu fiz para conseguir chegar no ranking Mítico.

1- O TurboFog não faz nada nos 3 primeiros turnos, quando eu digo nada, é colocar presença de board, realmente nada. Vejamos;
Turno 1 – Não existe nenhuma carta de drop 1 no deck.
Turno 2 – Existem algumas cartas nesse turno, mas não impoem pressão e nem ajuda a não sofrer pressão.

Eu sei que azcanta é uma carta chave para o TurboFog, mas ela no começo é uma carta lenta, e Anticipate acelera minha compra de cartas. Ambas as cartas não fazem nada para me ajudar a sobreviver os primeiros turnos, que é o que eu estava procurando.

Foi aí que conversando com alguns amigos que me deram a ideia de usar essas duas cartas:

Parecem duas otimas cartas, me ajudavam a sobreviver um pouco mais e ainda me davam draw, testei várias partidas e resolvi ficar com os Revitalize. Mas ainda precisava de mais.

Com várias partidas no repertório eu senti que o Karn estava sendo um peso maior que uma condição de vitória para o deck. Muitas vezes ele entrava no turno 4, eu subia +1 dele e perdia a carta, pois ele não sobrevivia para que eu pudesse resgatar a carta depois, analisei bem e resolvi removê-lo do deck. Inseri as seguintes cartas no lugar dele:

Me dava compra de carta, eu podia descartar o nexus e portanto nâo “perdia” carta nenhuma dessa forma. Outra carta que removi do deck foi o Juramento de Teferi, muito lento. O deck ficou assim no final:

4 Root Snare (M19) 199
3 Gift of Paradise (M19) 184
4 Teferi, Hero of Dominaria (DAR) 207
4 Nexus of Fate (M19) 306
2 Search for Azcanta (XLN) 74
1 Memorial to Genius (DAR) 243
4 Glacial Fortress (XLN) 255
4 Temple Garden (GRN) 258
2 Hinterland Harbor (DAR) 240
4 Chemister’s Insight (GRN) 32
2 Sunpetal Grove (XLN) 257
2 Cleansing Nova (M19) 9
1 Forest (GRN) 264
1 Forest (DAR) 269
1 Plains (DAR) 252
1 Plains (M19) 261
2 Island (DAR) 254
1 Island (GRN) 261
4 Island (M19) 265
3 Revitalize (M19) 35
1 Detection Tower (M19) 249
1 Settle the Wreckage (XLN) 34
4 Pause for Reflection (GRN) 140
4 Chart a Course (XLN) 48

Duas adições importantes foram as Cleasing Nova e Detection Tower, me davam o fôlego para decks como Golgari e WW, pois a quantidade de Carnage Tyrant é muito alta.

Vamos agora falar sobre a versão final e como jogar com o deck.

O ideal é vir com uma mão com 3 manas e o encantamento Gift of Paradise, uma compra de cartas do turno 2, um Teferi e uma prevenção de dano. Dessa forma você consegue agilizar no turno 2, ganhar vida e acelerar mana no turno 3 e baixar o Teferi no turno 4.

Após isso a ideia do deck é proteger você e o Teferi de dano para matar o jogo com Search for Azcanta e Nexus of fate.

Uma vez que consiga flipar o Azcanta e ativando a habilidade do Teferi de comprar carta e desvirar terrenos, essa combinação é monstruosa, assim você consegue jogar vários turnos seguidos até estourar o ultimate do Teferi, acabando com o jogo.

Até chegar nesse ponto, use as prevenções de dano, o Assentar nos Destroços é muito útil e os Cleasing Nova fazem o restante do serviço. As vezes é necessário utiilizar a Nova para destruir encantamentos, pois o Selesnya Tokens e o WW usam Conclave Tribunal tanto no Teferi quanto no Azcanta. Outro encantamento que faz um estrago se ficar muito tempo em jogo é o Experimental Frenzy.

Tendo tudo isso em mente parti pra escalada e cheguei no mítico com uma porcentagem de winrate acima de 68%.

Espero ter ajudado e vamos compartilhar experiências na ranked, me falem o que acharam do deck e quais as mudanças que acham que podem vir a melhorar o deck ainda mais.

Para mais notícias sobre MTG Arena e outros eSports acesse nosso portal e meu canal no Youtube.

Comentar via Facebook
Betway Brazil Esports Image Banner