Movimentos sociais fazem parte do cotidiano de várias pessoas. Incluindo esses movimentos aos eSports, a Gamers Club (juntamente da Casa 1) organizará um torneio em prol da comunidade LGBTQIA+. O Pride Cup foi idealizado para arrecadação de fundos para a ONG.

Junho é o mês da diversidade. Diversidade essa, que busca respeito e, principalmente, equidade. Pensando neste lado social, a Gamers Club, em parceria com a jogadora da Black Dragons- Olga (mulher transsexual), organizará um torneio voltado para a comunidade LGBTQIA+. Este campeonato foi nomeado de Pride Cup.

Olga, jogadora da Black Dragons e parceira da GC no Pride Cup/Foto Reprodução: Twitter
Olga, jogadora da Black Dragons e parceira da GC no Pride Cup/Foto Reprodução: Twitter

O Pride Cup será um torneio showmatch de CS:GO que contará com participação de personalidades LGBTQIA+. Tendo 35 jogadores divididos em sete times, o campeonato ocorrerá num sistema de fase de grupos, semifinais e final. Contudo, as semifinais e a Grande Final será realizada no dia 12 de julho com transmissão da GC.

CASA 1

O torneio ainda arrecadará fundos para a Casa 1. A Casa 1 é uma ONG que auxilia e acolhe pessoas LGBTQIA+ em situação de vulnerabilidade. A ONG atua na cidade de São Paulo e tem como foco pessoas entre 18 e 25 anos de idade.

Pride Cup e a GC

“O Pride Cup tem como intuito dar visibilidade a uma minoria que não tem o destaque necessário dentro da comunidade de esports, mostrar que essas pessoas têm habilidade, tem voz, são talentosas e juntas somam para fortalecer sua própria comunidade. Foi emocionante trabalhar este projeto junto a comunidade LGBTQIA+, entender um pouco mais de suas necessidades e como nós da Gamers Club podemos ajudar nessa causa.” -Rafaela Arnoldi, membro do Comitê da Diversidade da Gamers Club.

“O projeto Pride Cup tem como propósito dar voz e visibilidade para a Diversidade e também aos profissionais que fazem parte dela. Criado com muito carinho, o campeonato torna-se o primeiro evento LGBTQIA+ da Gamers Club e é um passo muito importante para que nossa comunidade sinta-se abraçada.”- Affonso Malta, membro do Comitê da Diversidade da Gamers Club e integrante da comunidade LGBTQIA+.

Deixe marcado na agenda, dia 12 de julho será um dos dias em que combateremos o preconceito. E ainda nos divertiremos com um campeonato de CS:GO.


Para mais notícias sobre CS:GO, acessem nosso portal.

 

Comentar via Facebook