Em jogo valendo a primeira colocação do grupo B, a MIBR vence a Chaos que, sem Smooya, não representou grande dificuldade contra o time BR.

Apesar do susto na Inferno, segundo mapa (escolha da Chaos), a MIBR em nenhum momento deixou de ser competitiva na série. Com vitórias nos mapas Overpass e Dust 2 contra uma derrota na Inferno, o time brasileiro se classificou na primeira colocação do grupo B da Flashpoint! Após a derrota para a mesma equipe no primeiro jogo do campeonato, a MIBR teve sua chance de redenção ontem, contudo, sem a presença do MVP do time da Chaos, Smooya.

Os mapas vencidos pela MIBR vieram com certa facilidade, levando em consideração o resultado da primeira MD3 e do segundo mapa disputado nesta série. Com mapas fechados em 16 – 7 (Overpass), 16 – 12 (Inferno) e 16 – 8 (Dust 2), a série durou quase 3 horas!

sem smooya, sem vitória
Meyern, mais uma vez, é destaque da MIBR por sua mira rápida e precisa. O hermano não é fácil não!

O argentino Meyern estava inspirado para o confronto. Nos três mapas a MIBR deveu muito à precisão do jogador, que salvou diversos rounds e conseguiu muitos abates. Além disso, graças à precisão dele e da rapidez de KNG, a MIBR conseguiu vencer diversos rounds pistol. Para o torcedor brasileiro, isso não é comum de acontecer e já virou até motivo de piada entre os próprios jogadores e torcida.

sem smooya, sem vitória
Não só KNG, mas também Fer e Taco conseguiram performar ótimas incursões no time adversário, dando grandes vantagens em rounds difíceis

Um dos principais jogadores do time, Smooya, não esteve presente no confronto. Isso deixou diversas possibilidades para o time BR conseguir brechas, abates e rotações menos marcadas, já que Voltage era mais fácil de ler em sua gameplay e não apresenta o mesmo nível do AWP titular.

A MIBR avança agora como cabeça de chave para a fase 2 da Flashpoint! Você pode acompanhar os jogos do Flashpoint pela TwitchYoutube ou na transmissão em português pela Twitch da MIBR

Para mais notícias sobre CS:GO e outros e-sports acesse nosso portal


Comentar via Facebook