Segundo Leo Dias, em sua coluna, a ex-jogadora shAy foi condenada a 116 anos de prisão por estelionato. Entenda o caso.

A ex-jogadora de CS:GO e influencer Shay Victorio novamente “vira notícia”. Recentemente, ela foi “capa dos jornais” por engatar um namoro com o goleiro Jean (acusado de agredir a ex-esposa), ex-São Paulo e atual Atlético Goianiense.
Dessa vez, ela virou notícia por ser condenada a 116 anos de prisão.

Segundo a coluna do Leo Dias, no UOL, Shay tinha sociedade em uma empresa (com seu ex-marido* e pai) que teria feito 118 vítimas. Ainda segundo ele, as pessoas (que foram lesadas) foram ouvidas pelo o Ministério Público do Estado de São Paulo.
Os crimes, tipificados como estelionato, aconteceram por volta de 2013 a 2017.

Apesar da pena, Shay recorrerá ao processo em liberdade.
Vale ressaltar que a justiça brasileira só permite que o condenado cumpra apenas 30 anos da pena em cárcere privado.

A jogadora se pronunciou sobre o acontecido em seu Instagram.

Declaração de Shay em sua conta no Instagram./ Foto Reprodução: Instagram.
Declaração de Shay em sua conta no Instagram./ Foto Reprodução: Instagram.

“Não existe nada do que possa fazer, a não ser acompanhar os detalhes com meus advogados que vem me defendendo. Deus sabe de todas as verdades e entrego na mão  dele e sigo tranquila!”

“Existem pessoas compartilhando e associando meu relacionamento atual em forma de nos atacar mas isso não será possível!”


Se perder o recurso, Shay Victorio terá de cumprir pena em regime fechado inicial.

No Counter-Strike ela teve passagem por grandes equipes femininas como: mibr, ProGaming, paiN Gaming e Keyd Stars.

*Cogitou-se, na internet, de que o ex-marido (referido na notícia) se tratava de fer. Porém, pela data das investigações, não se trata do atual jogador do MIBR pois eles tiveram um relacionamento posterior as datas dos golpes.

Para mais notícias sobre CS:GO, acessem nosso portal.

Comentar via Facebook