Nesta terça-feira (18), a Team Wild anunciou que estava encerrando as atividades nos eSports.

Portanto, a organização deixará de ter suas equipes de CS:GO e de PUBG.

No âmbito esportivo, suas equipes vinham numa crescente. Contudo, eles vinham figurando o alto escalão do cenário brasileiro.
No Counter-Strike, chegaram a vencer a Gamers Club Masters. E no Player Unkwon’s, a equipe estará disputando a final da copa IGN nesta terça-feira(18).

Entretanto, o motivo do encerramento pode estar relacionado com um esquema de corrupção envolvendo um de seus patrocinadores.

Segundo o site Versus, o Supermercados BH (envolvido num suposto esquema de propina) seria um dos motivos do encerramento da organização pois dentre os envolvidos no esquema estaria o sócio majoritário do supermercado que também é sócio (juntamente com seu filho, que era CEO e um dos fundadores da Team Wild) da organização.

Este esquema foi descoberto em uma operação da Polícia Federal juntamente com a Receita Federal. A Operação Capitu, desdobramento da Operação Lava-Jato, realizada em novembro, tinha como principal alvo o sócio minoritário do Supermercados BH. O mesmo chegou a prestar depoimento recentemente (11) em uma outra operação envolvendo suposto esquema de propina entre outros empresários e o senador e deputado eleito Aécio Neves.

O site ainda cita, que de acordo com o técnico da equipe de Counter-Stiker: Global Offensive, que o motivo do encerramento foi que o “CEO não tinha mais tempo para comandar a equipe e preferiu encerrar as atividades”.

Para mais notícias sobre eSports acesse nosso portal.

Comentar via Facebook
Betway Brazil Esports Image Banner