Nas décadas passadas, quem gostasse de videogame era tido como nerd e ou até mesmo esquisito.
Apesar do apelo publicitário de empresas- como a Nintendo- para tratar os consoles como brinquedos para garotos e toda a família, os jogos não tinham os status esportivos de hoje em dia. Começava aqui, a fagulha da toxicidade nos jogos.

Portanto, sempre à margem da população em geral, a comunidade se uniu para um bem maior.
A busca por diversão e amizades transforma toda essa experiência em algo além de que simplesmente ligar o videogame ou computador.

Isso aumentou ainda mais com o advento dos jogos onlines. Entretanto, por mais que todos queiram sempre ter ótimos e agradáveis companheiros de equipe, em boa parte do tempo nos deparamos com alguma conduta tóxica.

A toxicidade nos eSports é perpetuada através de condutas antidesportivas (também em campeonatos), mas também pode atingir as classes sociais, credo, cor/raça e ou gênero da pessoa que teve o ataque direcionado.

A Gamers Club é uma plataforma que visa trazer as melhores experiências possíveis aos seus usuários. Com isso, eles se transformaram em uma das referências no Brasil.

Sabendo da responsabilidade social que eles têm, a Gamers Club iniciou uma campanha de combate a toxicidade no eSports. A ação, nomeada de ‘Toxicidade – um mal no esports’, trará uma página de conscientização, apresentação de dados sobre comportamentos tóxicos dentro da plataforma, além de um formulário para auxiliar as vítimas.


Yuri Uchiyama, CEO da Gamers Club, comentou sobre a campanha:

Nascemos com o intuito de fomentar o cenário competitivo e sabemos que nas competições os nossos nervos podem ficar a flor da pele, mas o CS:GO é um jogo em equipe e se você precisa silenciar seus colegas para poder se divertir, a sua experiência com certeza será prejudicada. Por isso estamos melhorando as nossas ferramentas para coibir comportamentos que não ajudem o seu time. Além disso, atitudes negativas afastam pessoas antigas do jogo, além de desestimular novos jogadores. Amamos o Counter-Strike e queremos que a nossa comunidade continue crescendo, por isso precisamos ter um ambiente cada vez mais agradável. O esporte eletrônico une! Você não precisa ser forte ou nascer com uma característica especial para ir além. Os esports são onde as torcidas se unem para celebrar e não para brigar!”

Contudo, eles também lançarão vídeos em seu canal oficial (no Youtube) ensinando como combater a toxicidade e como melhorar seu comportamento.

Lembrem-se sempre de denunciar e você que tem comportamento tóxico, por quaisquer que seja o motivo, pare e repense em suas atitudes.

Para mais notícias sobre eSports, acessem nosso portal.

Comentar via Facebook