A maior plataforma de streaming do mundo Twitch veio ao ar em Julho de 2011, e hoje é considerado o melhor site de transmissão ao vivo de games do mundo.

Se você é um amante dos games provavelmente já assistiu algum streamer pela Twitch ou em algum momento ouviu falar sobre a plataforma.
A empresa fundada em 2011 hoje pertence a uma das maiores empresas do mundo, a Amazon.
A Twitch foi comprada pelo valor de 1 bilhão de dólares e hoje ocupa o primeiro lugaf entre o tráfego da internet de transmissões ao vivo.
Seguem abaixo alguns números da Twitch:
 
Dados globais
  • Total de minutos assistidos em 2017: 355 bilhões
  • Streamers únicos mensais: mais de 2 milhões
  • Visitantes únicos diários: 15 milhões
  • Streamers participantes do Programa de Parceiros da Twitch: mais de 27 mil
  • Streamers participantes do Programa de Afiliados da Twitch: mais de 150 mil
  • Crescimento no número de criadores de conteúdo monetizando com a Twitch: 223%
Os principais streamers da Twitch aqui no Brasil são:
  • Alan “Alanzoka” Ferreira – canal – seguidores: 1,2 milhão
  • Felipe “Yoda” Noronha – canal – seguidores: 1,2 milhão
  • Flávio “Jukes” Fernandes – canal – seguidores: 690 mil
  • Thiago “Skipnho” Lannes – canal – seguidores: 614 mil
  • Rafael “Rakin” Knittel – canal –  seguidores: 481 mil
  • Alexandre “Gaules” Borba – canal – seguidores: 312 mil
Remuneração na Twitch
Se você sonha em virar um streamer e tornar essa a sua profissão, é necessário conhecer melhor sobre as formas de monetização da plataforma.
Além da remuneração contratual o,s streamers podem incluir links para venda de jogos ou itens in-game em suas transmissões e recebem parte do valor final pago pelo consumidor, caso a compra seja finalizada pelo link do streamer.

Além disso, existe a possibilidade dos espectadores se inscreverem no canal. Essa inscrição é paga (o espectador pode escolher entre três valores de inscrição, que vão de US$ 4,99 a US$ 24,99) e parte do valor é revertido ao streamer.
Uma terceira forma de monetização são os bits, que os espectadores podem usar no bate-papo da transmissão e enviar quantos quiserem ao streamer. Nesse caso, ao receber bits o streamer também recebe uma remuneração adicional.

Venda de conteúdos in-game 

As desenvolvedoras poderão fazer ofertas diretamente aos fãs que estejam assistindo seus jogos na plataforma e os streamers podem ganhar dinheiro com compras realizadas em seus canais. Além disso, a Twitch recompensará os compradores com uma Caixa gratuita, que fornece itens aleatórios personalizados aos membros da comunidade, como emotes exclusivos, emblemas para o chat e Bits para torcer.

No meio dessas transações as desenvolvedoras receberão 70% da receita de vendas realizadas pela Twitch e os streamers parceiros da plataforma obterão 5% do total de vendas originadas de seus canais.

“A comunidade da Twitch é uma parte fundamental de tudo o que fazemos, desde a divulgação de um lançamento até o diálogo contínuo com nossos fãs”, ressalta Steve Allison, vice-presidente sênior de Publishing da Telltale Games. “

Fizemos a cobertura de imprensa na Brasil Game Show de 2018 e criamos diversos conteúdos no estande da Twitch, com entrevistas e curiosidades sobre a plataforma. Acompanhe abaixo o nosso vídeo na integra:

Para mais notícias e curiosidades sobre os e-Sports acesse a nossa página dedicada ao jogo nesse LINK e o nosso Youtube.
Comentar via Facebook