O Twitter atingiu 1 bilhão de tweets na primeira metade de 2020. Contudo, os games dominaram os assuntos da rede social.

O Twitter é uma das redes sociais mais usadas no planeta. Sua popularidade pode ser explicada pelo seu dinamismo.

A rede social é a síntese do que é o mundo hoje, principalmente na internet. Sua restrição de caracteres contribui para a velocidade em que um assunto se torna obsoleto ou vira tendência.

Sabendo disso, diversas empresas aderiram ao Twitter. Essas empresas vão desde organizações de eSports até publishers.
Times provocam engajamento durante campeonatos, mas não é só durante suas participações em eventos que o bicho pega! As equipes geralmente promovem conteúdos e promoções no Twitter, ocasionando com que estes times sejam falados durante o ano inteiro.

Rishi Chadha, Head of Gaming da rede social em questão, traz dados mostrando quais foram as 10 organizações mais faladas no primeiro semestre. Dentre elas, 4 dessas equipes são brasileiras, sendo que uma das organizações “gringas” contém jogadores brasileiros em seu plantel (Counter-Strike e Rainbow Six).

FaZe Clan, a organização citada no parágrafo anterior, lidera o número de engajamentos, logo atrás seguida por MIBR. paiN, Flamengo e FURIA complementam o top 10.


“O top 10 organizações desse ano é bem diferente do ano passado; congratulações massivas para times como paiN, Flamengo, T1 e FURIA por assumirem as colocações nas paradas!”

Jogos Em Geral

Os eSports impulsionaram os engajamentos no Twitter. Entretanto, não são só as organizações que estão “na boca do povo”.

Jogos como Animal Crossing (Nintendo) e Final Fantasy (Square Enix) aparecem no top 10 de jogos mais falados, tanto no mundo quanto nos Estados Unidos.

“Jogos como Animal Crossing, Final Fantasy e Fortnite não se mantêm populares apenas nos Estados Unidos, mas no mundo.
Será que Animal Corssing continuará dominando na segunda metade de 2020 ou será que Cyberpunk destronará no final do ano?”

Países

Se tratando de países com mais engajamentos no Twitter Gaming, o Brasil aparece em quarto na lista.

Ficando atrás somente de Japão, Estados Unidos e República da Coreia. O engajamento mostra que o brasileiro consome bastante sobre games, sobretudo quando se trata de eSports.

“Pessoas por todo o mundo continuam tweetando sobre vídeo game!
É um sentimento maravilhoso saber que esta conversa é tão global, e é uma lembrança constante que jogos não têm fronteiras.”

Para mais notícias sobre eSports, acessem nosso portal.

Comentar via Facebook